Você está aqui: Mestre Academy / Blog / Proposta de Valor: Como tornar o preço irresistível!

como criar o preço irresistível

Proposta de Valor: Como tornar o preço irresistível!

Caro ou barato são conceitos relativos. Você precisa aprender a apresentar o preço, para que ele seja irresistível!

Ainda não é Assinante?

Já sou assinante!

Não tem Caro ou Barato. Tem preço irresistível

Certamente ao longo do tempo você já considerou valores pequenos, caros; ou valores mais altos, baratos. Como assim? Quando você avalia uma oferta e R$ 50 parece muito caro para um produto/serviço; mas para outro produto, achou R$ 200 uma pechincha.

Salvo as diferenças óbvias para tipos de produtos, o que realmente estava por trás não foi o valor em Reais em si, mas o quanto a proposta, quanto o valor agregado à compra, se comparava ao preço apresentado (R$ 50, R$ 200, R$ 1.000 ou qualquer outro valor).

Enquanto toda a proposta de venda, toda a página de venda, todas informações compõem a impressão que o seu lead vai ter sobre o preço que você informa, a apresentação desse preço quando bem formulada consegue fazer a oferta parecer uma pechincha.

Naturalmente, a ideia não é enganar o público para forçar que seja pago um preço desproporcional à qualidade, à entrega. É exatamente o contrário, mostrar quanto valor agregado, quanta qualidade existe no produto/serviço, de forma que o preço, seja qual for, se mostre como uma pechincha.

Dentro do Copywriting e técnicas de otimização de conversão, há um conjunto de elementos a serem utilizados para criar a narrativa em torno do preço, elementos que facilitam que você mostre o valor agregado.

O comparativo direto de preço de concorrentes ou alternativas, até é um caminho, porém ele pode gerar no lead a vontade de busca pelo mais barato e, acredite, não é isso que você quer que ele faça. Você quer que ele busque o que tem maior qualidade, seja pelo preço que for.

Já percebeu que a Apple não tem ofertas na black friday? Nenhum dos aparelhos, wearables, macbooks, nada entra em oferta especial, nem por black friday, nem black fraude 😉

Ela não quer seus clientes buscando o mais barato, ela não tem esse posicionamento. A Apple usa frequentemente a comunicação sobre a qualidade superior e imbatível (questionável, sim; mas é o posicionamento) para atrair consumidores sem entrar em discussão sobre o preço.

À parte o comparativo e posicionamento, outros elementos podem ser usados para mostrar quanto valor agregado existe no preço do seu produto e criar a sensação “shut up and take my money” / onde eu passo o cartão?

Aprenda a usar esses elementos e a criar a narrativa do preço irresistível neste vídeo exclusivo para assinantes da Academia de Marketing Digital.

Já é assinante? Clique e assista. Ainda não assinou? Aproveite agora!

Ainda não é Assinante?

Já sou assinante!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *